Autoestima nas Crianças que Possuem Dificuldades de Aprendizagem

Para analisar esse tema, primeiramente é importante definir o que é autoestima e autoestima[1]como ela pode se tornar alta ou baixa nas pessoas desde a infância. Autoestima é o sentimento valorativo que a pessoa forma de sua própria personalidade em todos os seus aspectos: físicos, mentais e emocionais, ou seja, o quanto a pessoa está bem consigo mesma e quanto valor se atribui. Diante disso, é possível perceber que esse termo está intimamente ligado a outro: o autoconceito. O autoconceito é a informação ou opinião que cada um forma de si, de acordo com seus sucessos e fracassos. Dessa maneira, se uma pessoa está acostumada a ter sucessos e é reconhecida por eles, terá maior tendência a formar um autoconceito positivo e isso implicará em uma autoestima positiva também. Isso porque, se o autoconceito é a opinião sobre si, a autoestima é o sentimento decorrente dessa opinião.

A autoestima, porém, não depende somente dos sucessos ou fracassos de uma pessoa, juntamente com o reconhecimento dos mesmos, mas do quanto essa pessoa sente-se amada e valorizada pelo que é desde a infância, independente de suas condutas e comportamentos. Por isso é importante mostrar a uma criança que ela é amada e valorizada apesar dos seus erros, e que ela em si, é mais importante que seus comportamentos, bons ou ruins. Assim ela se sentirá segura o suficiente e terá mais chances de se tornar um adulto independente e com maiores chances de sucesso. Mostrar amor apesar dos erros e comportamentos ruins não significa reforçar tais comportamentos negativos ou deixar de educar e ensinar o que é certo; significa mostrar o erro, ensinar o certo e ainda assim continuar amando. É importante para as crianças entenderem que apesar de seus erros não perdem o amor dos pais e outras pessoas importantes para ela. Isso lhe dará confiança em seus julgamentos e ações, segurança na estabilidade dos sentimentos das pessoas, ensinará que não precisam esconder os seus erros e fingirem ser perfeitas para terem aprovação social e, por fim, poderão aprender a lidar com seus erros de forma positiva e adaptativa.

Contudo, crianças que possuem dificuldades de aprendizagem, na maioria das vezes, só recebem críticas dos professores e pais, o que acaba causando constrangimentos em sala de aula, comentários maldosos dos colegas e até castigos. Tal maneira de conduzir a situação, tanto vinda dos professores, como vinda dos pais, só aumentam as dificuldades da criança, pois além da real causa da dificuldade (que pode ser a nível pedagógico, psicológico ou cognitivo) ela terá mais essa situação aumentando seu bloqueio. Como mencionado, as dificuldades de aprendizagem podem ocorrer por diferentes motivos, e por isso é necessária uma avaliação profissional para encontrar a origem e tratar tal dificuldade.

É muito importante que a criança não seja confundida com sua dificuldade, o que infelizmente é bastante comum. Quando uma criança apresenta tais dificuldades, ela passa a ocupar o papel de problemática, de burra, de ovelha negra, entre outros. Com todos esses rótulos fica difícil superar qualquer coisa e ter uma alta autoestima. Com isso, ela acaba se tornando o rótulo, e nem ela e nem os adultos percebem que ela é muito mais do que aquela dificuldade apresentada. Não percebem que esse é apenas um aspecto dela, e que inclusive pode ser tratado e melhorado. Enxergar os pontos fortes e positivos da criança e reconhecê-la, ajuda a mesma a também se enxergar como tendo qualidades e talentos. Isso a ajudará a desenvolver a segurança exposta anteriormente e a fazer com que sua autoestima possa ser elevada, o que pode dar mais força em seu tratamento e/ou esforço para que consiga vencer suas dificuldades de aprendizagem.

 

Por Rafaella Santos Silveira

Psicóloga

CRP: 05/40907

 

Veja mais:

Psicologia no RJ

Acompanhamento Psicológico

Quanto tempo dura o acompanhamento? 

Palestras Online

Agenda das Palestras

Psicólogos Online de Plantão

Serviço Social

Cadastro

Sites Relacionados

 

Artigos Relacionados:

Quando ter filho parece uma tarefa extremamente difícil.

- A importância da participação paterna na criação dos filhos.

- Saiba Mais Sobre a Gagueira

 

 

Os comentários estão encerrados.